Projeto contribuirá para garantir acesso à água em municípios da Região Nordeste

Quarta-feira, 22 de novembro de 2023

Projeto contribuirá para garantir acesso à água em municípios da Região Nordeste

Maranhão será o primeiro estado contemplado pelas ações do Serviço Geológico do Brasil (SGB) para cadastramento, recuperação e perfuração de poços

Foto tirada durante a etapa de cadastro de poços no Maranhão (Foto: SGB/Divulgação)
Um novo projeto do Serviço Geológico do Brasil (SGB) vai contribuir para a gestão dos recursos hídricos e acesso à água em municípios da Região Nordeste. O estado do Maranhão será o primeiro contemplado pelo projeto denominado: “Segurança Hídrica no Estado do Maranhão”, que prevê o cadastramento, recuperação e perfuração de poços para avaliação e o monitoramento das águas subterrâneas, que é uma importante fonte hídrica, especialmente em regiões com restrições de acesso à água.

“Com a nossa experiência no monitoramento de recursos hídricos subterrâneos, vamos contribuir para gerar mais informações sobre os níveis e a qualidade da água nos aquíferos do Nordeste. Esses dados são essenciais para garantir disponibilidade de água para a população”, destaca o diretor-presidente do SGB, Inácio Melo. Ele complementa que o trabalho traduz a missão do SGB, que é “disseminar conhecimento geocientífico com excelência, de modo a contribuir para melhoria da qualidade de vida da população e desenvolvimento sustentável do Brasil”.

Ações no Maranhão

O projeto “Segurança Hídrica no Estado do Maranhão” prevê o cadastramento de poços em 12 municípios. Alguns desses poços poderão ser incorporados à Rede Integrada de Monitoramento de Águas Subterrâneas (RIMAS) para acompanhamento da disponibilidade e do volume de retirada de água. O investimento inicial previsto para a fase de cadastramento é de R$ 600 mil.

“Para 2024, está prevista uma grande seca no Nordeste, e estamos trabalhando na segurança hídrica dos estados, começando pelo Maranhão, mas iremos estender para toda a região”, explica o chefe da Divisão de Hidrogeologia do SGB, João Diniz.

Na primeira fase, serão contemplados os municípios de: Barreirinhas, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Santa Quitéria do Maranhão e São Bernardo. A primeira reunião com as prefeituras dessas cidades ocorreu no início deste mês, na Residência de Teresina (RETE). Em seguida, o SGB irá ampliar as ações para Bacabal, Capinzal do Norte, Fortuna, Parnarama, Passagem Franca, Riachão e Rosário.

 No início do mês, SGB realizou reunião com representantes de prefeituras de seis municípios (Foto: SGB/Divulgação)
“Nesses municípios, existem cerca mil poços de água, no entanto muitos estão paralisados. Vamos cadastrá-los, fazer revitalização e instalar sensores naqueles que não são mais utilizados para produção de água, mas que servem para monitoramento. Nos casos em que não for possível a revitalização, vamos fazer novos poços”, detalha Diniz.

A ação do SGB se traduz em benefícios diretos para a população, como destacaram gestores municipais. “O projeto gera benefícios para toda a região, pois representa qualidade de vida. É a esperança de um futuro melhor, principalmente nos momentos mais secos e difíceis no Nordeste”, destaca o coordenador de Urbanização e Paisagismo do município de Magalhães de Freitas (MA), Jéfte Marinho Cadeira Freitas. Para o secretário de Abastecimento e Recursos Hídricos de São Bernardo (MA), o conhecimento sobre a disponibilidade de água contribuirá para a melhoria do abastecimento de água no município.

O secretário de Meio Ambiente do município de Chapadinha (MA), Bernardo Balluz, reforça que a ação do SGB será essencial para enfrentamento de crises hídricas: “O projeto é de fundamental importância, pois vivenciamos, nos últimos dias, crises hídricas decorrentes de problemas ambientais e de mudanças climáticas. Um projeto dessa magnitude contribui para aumentar a oferta hídrica através da perfuração de novos poços ou da melhoria de poços existentes, em termos de vazão e abastecimento de água para nossa comunidade, que sofre diariamente com escassez de água potável”.

Acesse aqui os serviços e produtos oferecidos ao estado do Maranhão.

Núcleo de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil
Ministério de Minas e Energia
Governo Federal
imprensa@sgb.gov.br
  • Imprimir